Postagens

Mostrando postagens com o rótulo opinião

O que WhatsApp ensinou ao Facebook

Imagem
"Learning is Hanging Out"   by  cogdogblog  is licensed under  CC BY 2.0 O que WhatsApp ensinou ao Facebook Recentemente, aqui mesmo no blog, coloquei uma matéria sobre o caso do WhatsApp, e os problemas de privacidade, advindos da sua nova política de privacidade. Dentro de um estado de direito, as pessoas são donas de sua identidade. Isto é um conceito básico, já velho conhecido de empresas, instituições e governos. Sendo assim, a premissa natural de que as pessoas reagirão mal quando tiverem a percepção de estarem tendo seus direitos violados, não só é intuitivo, como também povoa inúmeros cursos e temas de graduação das áreas de Marketing, sem falar na área de Direito. Então, uma simples decisão mal tomada ou mal conduzida, ou mesmo as duas coisas, transformou um case de sucesso em um dos maiores cases de erro de gestão de produto que vi ultimamente. A grande pergunta hoje é: Por que uma empresa milionária comete um erro tão primário? O fato por si é tão bizarro, que cheg

A privacidade e o caso do WhatsApp

Imagem
A privacidade e o caso do WhatsApp Matéria publicada de 10/janeiro de 2021 Tenho recebido muitas perguntas no site sobre a questão da nova política de privacidade do WhatsApp, que entrará em vigor no dia 8 de Fevereiro, e resolvi compilar algumas opiniões sobre o assunto. Nos últimos dias todos fomos pegos de surpresa com a notícia de que, o mais largamente utilizado programa mensageiro, o WhatsApp, está exigindo na sua mais recente atualização da política de privacidade, que o usuário permita acesso total a todos os seus dados pela plataforma mãe da empresa, o Facebook. (  Veja em  https://www.whatsapp.com/legal/updates) É claro que quando nós temos o termo “exigência” dentro de uma política de privacidade, a estranheza é inevitável, uma vez que, quem deveria exigir alguma coisa, sempre, é o dono dos dados e não quem os utiliza. Entendendo Para quem não se lembra, o WhatsApp originalmente era um programa independente da empresa do Facebook. Há cerca de 14 anos WhatsApp foi compr

As Leis de Murphy aplicadas à Liderança e Administração

Imagem
  As Leis de Murphy aplicadas à Liderança e Administração Vamos colocar aqui 3 artigos falando de 13 desdobramentos da famosa Lei de Murphy, de uma forma que talvez você nunca tenha percebido. CAPÍTULO 1 - DAS PRIMEIRAS 4 LEIS   O engenheiro aeroespacial Edward Aloysius Murphy  estava a frente de um experimento em 1949, cujo objetivo era simplesmente medir os Efeitos da aceleração e desaceleração em pilotos de caça. Para poder realizar essa aferição, ele construiu um equipamento que registrava os batimentos cardíacos e a respiração dos pilotos. Ele deveria apresentar os resultados do teste; contudo, visto que o técnico responsável instalou o equipamento de forma errada, os sensores que deveriam registrá-lo falharam exatamente na hora. Frustrado, Murphy disse "Se este homem tem algum modo de cometer um erro, ele o fará". Para tirar sarro do colega, seus amigos militares batizaram a assertiva como Lei de Murphy.   O resto da história você já conhece. A Lei ficou famosa no mun

Nas asas da loucura

Nota: Este artigo foi publicado, logo após um senhor de idade ser colocado para fora de um vôo, pois se recusou a sair e dar lugar a outro passageiro. Outro dia estava lendo algumas notícias cotidianas ( sim, aquelas que acontecem todo dia) quando me deparei com o caso UNITED. Um senhor, médico de profissão, na flor dos seus 69 anos, foi expulso do avião, através de violência física por alguns seguranças da companhia referida. Seu crime? Comprou a passagem...deu overbooking e não tinha lugar para ele... A vítima aqui no caso, não é apenas o nariz fraturado do senhor médico, que perdeu um dente e sua dignidade. Perdemos todos nós. Como complemento deste cenário, alguns dias antes, eu tinha visto uma propaganda da referida cia. aérea, usando uma celebridade que dizia estar mais motivada a viajar e conhecer o mundo porque a compania aérea tornava tudo tão fácil e belo, que a viagem valia mais pelo translado do que pelo destino. As imagens mostravam o avião, pessoas sorrindo